31 de Outubro de 2014

Mentes inquietas do jornalismo britânico

Publicado por Debora Araujo Em 05 - junho - 2014 ADD COMMENTS

Confesso que, quando chegou por aqui um email do pessoal da Grey de Londres falando sobre The Unquiet Film Series, fiquei um pouco cética sobre a proposta do projeto: uma série de curtas assinados por diretores independentes, que ganharam um inédito acesso livre à equipe e aos históricos arquivos do The Times, que rodou pela primeira vez em 1785, e do The Sunday Times, que estreou em 1822, para revelar os impactos cultural e histórico dos dois jornais no Reino Unido.

Quando dei o play no primeiro filme, Power of Words – o Poder das Palavras – já me rendi às histórias de Caitlin Moran, Ben Macintyre e Matthew Parris (na foto abaixo), colunistas dos jornais que narram a relação que têm com a palavra escrita – com direito até à presença de uma meia furada, que me levou diretamente aos meus tempos de redação.

A princípio, serão nove filmes, mas apenas quatro deles já estão no ar. Além dePower of Words, é possível acessar o site para assistir a Question Everything, Photojournalism e Times New Roman – este último, imperdível para quem ama tipografia. Outros três temas já foram revelados,Telling the Story, Bringing the World to Britain e Cultural Impact, que deverão ser postados nos próximos meses.

O legal do site onde os filmes estão hospedados é que, conforme os vídeos avançam, a página abaixo vai se ampliando com links para outras histórias que fazem parte daquele tema, permitindo que o público se aprofunde um pouco mais.

Um trabalho incrível da Grey, com produção da Betsy Works e colaboração da News UK. Os curtas são todos em inglês, sem legendas.

O Power of Words também já está no Youtube e você pode assisti-lo agora:

Fonte: Amanda de Almeida, no Brainstorm#9.

 

Veículos de comunicação mais admirados

Publicado por Virta Em 04 - dezembro - 2013 ADD COMMENTS

O Meio e Mensagem divulgou na tarde de segunda-feira, 2, o resultado da edição 2013 da pesquisa “Veículos Mais Admirados”, encomendada pelo site e realizada pelo Grupo Troiano de Branding. O estudo, com base no método conhecido por Índice de Prestígio de Marca (IPM), classificou os melhores em ‘Internet’, ‘Jornal’, ‘Rádio’, ‘Revista’, ‘TV Aberta’ e ‘TV por Assinatura’.

Neste ano, uma peculiaridade: o primeiro colocado de cada uma das categorias ocupou a mesma posição na pesquisa cujos resultados foram revelados em dezembro de 2012. Assim, Google, Estadão, CBN, Veja, Globo e GNT se mantiveram no topo. Veja, Globo e CBN, por exemplo, estão na mesma posição desde o lançamento do estudo, em 2000. O Estadão segue à frente de seus concorrentes pelo 11° ano consecutivo.

Internet = domínio das redes sociais

Com Google na liderança, o Top 3 da pesquisa na categoria internet manteve-se estável em comparação ao resultado de 2012: Facebook em segundo e YouTube em terceiro. Mostrando – ainda mais – a força das redes sociais, o Twitter, que nem sequer ficou na lista dos 10 mais na última edição, figura na quarta posição em 2013. No restante, o ranking atual foi completo por sites noticiosos.

Jornal = perda de força dos diários gratuitos

Assim como na categoria ‘Internet’, as primeiras posições dos ‘Veículos Mais Admirados’ em jornal durante 2013 repetiram os resultados do ano passado. Estadão (1°), Folha de S. Paulo (2°), Valor Econômico (3°) e O Globo (4°). De um ano para o outro, a grande diferença foi a perda de força dos impressos gratuitos; o Metro saiu de 5° e foi para 10°, e O Destak, nono em 2012, saiu da lista.

Rádio = SGR, Bandeirantes e Estado em doses duplas

Em 2013, o destaque da pesquisa foi o fato de três grupos de comunicação emplacarem duas emissoras cada no ranking. Pelo Sistema Globo de Rádio (SGR) aparecem CBN (1ª) e Rádio Globo Brasil (5ª, apesar de a programação em rede nacional ter sido praticamente extinta da marca ao decorrer dos últimos meses). O Grupo Bandeirantes emplacou Bandnews FM (2ª) e Bandeirantes (4ª). O Grupo Estado, por sua vez, apareceu com Eldorado Brasil 3000 (7ª) e Rádio Estadão (8ª).

Revista = 4x Editora Abril

No quesito revista, a Editora Abril foi responsável por 40% dos títulos que estão no top 10 do estudo. Em 2013, Veja apareceu no mesmo lugar em que esteve em todas as outras 13 edições dos “Veículos Mais Admirados”: em primeira. Também editada pela Abril, a Exame ocupou a segunda posição, mantendo-se estável em comparação aos resultados do ano passado. Você S/A (7ª) e Superinteressante são as outras publicações da editora da família Civita no ranking.

TV Aberta = Entra Rede TV. Sai MTV

Os números relativos à categoria ‘TV Aberta’ vêm com uma diferença dos demais: apenas nove emissoras foram ranqueadas, ao contrário das 10 marcas que aparecem nas outras. Fora isso, pouca mudança nos nomes da lista. Saiu a MTV, 5ª em 2012, e entrou a Rede TV. A TV Gazeta de São Paulo (10ª no ano passado) também ficou de fora. Atrás da Globo outra alteração, com a Record ficando em segundo.

TV por Assinatura = Globosat vence Globosat

GNT, Globonews, Sportv e Multishow. Emissoras mantidas pela Globosat e que aparecem, respectivamente, de 1ª a 4ª colocada na categoria dos ‘Veículos Mais Admirados’. Nessa parte, os resultados de 2013, quando comparados aos de 2012, apresentam apenas a troca de posições do Sportv (4° no ano passado) com o Multishow (3° na pesquisa anterior). De quinto ao décimo, aparecem canais não pertencentes à Globosat.

Fonte: portal Comunique-se, em 2 de dezembro de 2013. Imagens: Divulgação e Meio & Mensagem.

VIRTA apoia projeto da Agência Publica

Publicado por Virta Em 16 - setembro - 2013 ADD COMMENTS

Você já conhece a iniciativa “Reportagem Pública” da Agência Pública? Está no Catarse e a Virta é apoiadora do projeto. Conheça, compartilhe e – se possível – invista também no nosso jornalismo.

Funciona assim: a Agência Pública vai distribuir 10 bolsas de reportagem para que os jornalistas realizem investigações de maneira independente. Então, você escolhe qual reportagem quer ler e acompanha o passo a passo da pauta até ela ser lançada. São 10 bolsas de R$ 6 mil para que jornalistas investiguem temas de interesse da população: Copa do Mundo, violência policial, corrupção e direitos humanos.

Durante a apuração, a Agência Pública vai dar todo apoio para cada repórter ir fundo na investigação. E, depois, vai divulgar as reportagens em suas redes, de modo que elas possam ser publicadas e disseminadas por sites e jornais em todo o país.

Para participar: Basta escolher um valor e contribuir e você terá a certeza de que colaborou para a ampliação de um projeto que valoriza o repórter e luta pela informação de qualidade e de interesse público.

Para jornalistas que querem se inscrever: As propostas de reportagem devem ser enviadas através deste formulário, no qual cada repórter vai poder explicar para o público por que sua proposta é importante. As pautas serão pré-selecionadas pela Agência Pública e depois seguirão para votação. Quem decide é a maioria!

Para mais informações (sobre apoios ou inscrições): 11 3661-3887 ou pelo e-mail: contato.publica@gmail.com.

Aprenda com Martin Luther King

Publicado por Paulo Moura Em 29 - agosto - 2012 ADD COMMENTS

Autora dos beste sellers Slide: Ology  e Resonate, Nancy Duarte é a fundadora da Duarte Design, uma empresa que fica na Califórnia e tem uma especialidade e tanto: seus 50 funcionários são considerados os maiores experts do mundo em PowerPoint.

Eis uma prova disso – me convenceu! Ex-vice-presidente e candidato derrotado nas eleições de 2000 nos Estados Unidos, Al Gore procurou a Duarte Design. Tinha fama de ser meio chato e falar como um robô. Queria, em suma, melhorar o visual de uma apresentação que vinha fazendo pelo país falando sobre os riscos do aquecimento global. Centenas de horas de trabalho depois, os 266 slides ficaram tão bem editados que acabaram  virando filme: Uma Verdade Inconveniente (2006), que acabou levando o Oscar de Melhor Documentário. Foi o primeiro longa-metragem inteiramente baseado em uma apresentação de PowerPoint (na verdade, eles usaram o Apple Keynote, uma imitação melhorada do programa da Microsoft).

Pois bem, vamos ao motivo desse post. Nancy acaba de gravar um vídeo, reproduzido no Explore – da genial Maria Popova – onde analisa o legendário discurso ‘I have a dream’ de Martin Luther King, que está completando o aniversário de 49 anos. Se você acha que pelo menos uma vez na sua vida terá que fazer alguma apresentação em público, assista, ou melhor, incorpore!

Martin Luther King Jr.’s speech analyzed by Nancy Duarte from Duarte on Vimeo.

 

    Rua Oscar Freire, 379 - 17° andar conj. 171 | Cerqueira César 01426-001 | São Paulo - SP | Fone: +55 (11) 3083-1242 | Fax: +55 (11) 3062-4280

    Veja o mapa